Contos eróticos | Professor comeu meu cuzinho | Teens

Professor comeu meu cuzinho

Bom é o meu primeiro conto aqui e é de um professor meu da faculdade.



Eu ja era bem bonita com seios medios e uma bunda grande mas me destacava mesmo era pelo meu rosto era muito bonita olhos azuis e cabelo castanho claro.



Quando entrei na facul um professor novo marcos, ele era até que bonitinho e era bem legal ele sempra falava pra mim que quando eu acabasse a facul ele ia casar comigoo e tal mas na brincadeira é claro.



As vezes eu pegava ele olhando pra minha bunda e via que ele tinha desejo por mim.



Bom sendo assim como na facul não exigia uniforme eu começei a ir mais provocante na aula dele com uma sainha ou um short bem apertado e com uma blusa que valorizava meus peitos.



Eu estudava a noite e a aula dele era a ultima acabava sa 23:30 .



Um dia eu estava mais bonita que nunca pois eu ia pra balada depois da aula e a roupa era provocante. Vi que a hora que ele entrou na sala logo olhou pra mim e mordeu o labio.



A aula toda ficamos trocando olhares, quando a aula acabou eu fui ao banheiro para me arrumar e minahs amigas foram indo para a balada.



Quando eu estava me arrumando ele chega com uma cara de safado, e vem pra cima de mim ja pega no meu peito e encosta seu pau mais que duro na minha buceta que ficou toda molhada nessa hora pois ele ficou se esfregando em mim.



Depois ele me virou de frente e disse



- Garota eu sei que vc vem com essa roupas pra me provocar mas hje tá demais num vo aguenta menina.



e eu como se fosse inocente falei



- Magina fessor é só o tipo de roupa que eu uso não é pra te provocar



disse isso com uam carinha de inocente



mas ele disse



- a garotaa vse não me escapa hje eu vo te come. não dá mais .



como eu não precisava ir ceod pra casa akel dia eu disse



- áa fesorsinho vse quer me comer aki no banheiro vamos pra um lugar melhor ?!



ele falou pra gente ir pro carro dele então que ele ia me levar pra casa dele.



e eu respondi tá mas que eu tinha que voltar pra casa antes das 5.



E elee todo safado disse :



- humm dá pra gente fuder bastante em 5 horas vem vamos nã oquero perder tempo vse ja me provocou demais.



Segui ele até o caroo e fomos pra casa dele no carro ele conversou comigo que ja não aguentava mais de tanta tesão pela minah buceta. e que ele queria sentir lá dentro.



eu ja não era mais virgem mas meru rabinho era e eu dise isso a ele



Ele falou pra mim não me preocupar que ele ia com carinho.



Bom então eu sedi e falei que tudo bem mas só se ele dechasse eu fazer uma coisa com ele e ele deixou.



Depois no carro não conversamos mais só fomos trocando carinhos ele passava a mão pelo meu corpo e eu só gemia .







Quando chegamos ele me levou pro quarto falou pra mim ir tirando a roupra que ele ia pegar uma coisa.



Tirei minha roupa bem devagar ficando só de calcinah que era um fiu dental e deitei na cama.



Quando ele volto u vei com um vidrinho na mão e eu pegutnei iqee era isso ele disse que era pra quando ele enfiasse no meu cuzinho pra não doer tanto.



Ele tirou a roupa e deitou na cama só de boxer



Eu subi em cima dele nisso tirado a boxer dele.



Na hora que vi akele pau delirei era o maioor cacete que eu ja tinha visto começei a bater uma punheta, minha calcinha ja estava mais que molhada e ele tinha tirado ela.



Comecei a sentar no pau dele mas sem enfiar só colocando na entrada passando mas nunca colocadno ele disse que queria assumir o controle então eu deitei de perna aberta pra ele.



Ele foi chupando meus seios e descendo quendo chegou na minha vagina molhada e começou a lambe-la eu rebolava na sua boca descontroladamente quendo ele começou a enfiar a lingua ai eu gritei pqe era muito prazerozo quendo ele subiu ate minah boca e me beijou.



Ai foi a vez dele de me torturar ele só passava o pau na minha entrada mas não colocava e uam hora eu gemi e acho que el não aguentou enfiou com tudo e começou a bombar lentamente mas fundo, quando disse pra ele acelerar o ritimo ele acelerou bombava e estocava forte e fundo quando eu gemia demais e cheguei ao orgasmo ele falou que ia gozar e tirou o pau e falou que queria que eu chupasse e engolisse todo sue leitinho eu o fiz colokei akele enorme pau na boca e comçeia chupar eu chupava rapido e de vez em quando tirava da boca e passada a lingua na ponta coloquei na boca de novo e le gozou eu senti todo akele leitinho quente na minah boca e engoli tudo ai que delicia muito bom.



Depois disso descansamos um poko ele disse que agora queria meu rabinho virgem e temi mas aceitei ele me colocou de 4 e colocou algo gelado no meu rabinho eu pergutnei oqe era e ele disse que era pra mim naõ sentir tanta dor e prazer tambem.



Quando ele passou o pau pela minha vagina e colocou na porta do meu rabinho eu temi por que sabia que ia doer ele pergutnou se eu tava pronta eeu disse que sim e ele enfoi rapido abrindo meu rabo eu gritei de dor o som ecoou pela casa vazia e ele começou a estocar e a dor foi dando ligara ao prazer logo eu não sentia mais dor só prazer e susurei pra ele isso é bom mas eu queria voce aki na frente tembem pois eu estava muito exicata e minha vagina estava vazia sem ele lá.



Ele começou a estimular meu clitolis e ele gozou no meu rabinho e eu na mão dele.



Ele tirou o cacete e passou uma toalha ele disse pra mim não ficar assustada porque na primeira vez sangra mesmo então relachei e deitamos na cama quando era 4:30 lembrei que tinah que ir pra casa e ele me levou



Depois dessa noite repetimos de novo mas isso eu conto depois

Gostou? Vote no Conto:

27/04/2010 | 130792 visitas

 
 

Comentários



    :D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

     confirmacao * Todos os campos são obrigatórios
     
     
    videos porno bundas videos porno

    Contos de Putaria :: Site proibido a menores. Denuncie pedofilia.